News of the World - domingo 27 janeiro 2013

Enofobia[1]…Sim, ela existe!!!


Dipsofobia segundo o Dicionário On line “Bem Falar” [2], significa “aversão mórbida ao ato de beber”. Já tinha ouvido essa expressão de um antigo conhecido, filho de pai alcoólatra que dizia que “gostaria de preferir a dipsofobia, mas preferia mesmo beber”.

Recentemente tomei conhecimento da expressão “enofobia”. De acordo com a Coluna Vino Divino Vino,[3] “A  enofobia é, também, referida como um tipo de transtorno de ansiedade social em que uma pessoa vai evitar todo tipo de  vinho, temendo não ser bem informado sobre  vinhos, o serviço e como escolhe-los”.

De início achei extremamente patético o contexto. Curiosamente, dias depois de ler, uma amiga declarou no Facebook, que deixou de tomar vinho em um restaurante, por se sentir oprimida e acabou tomando cerveja.

Voltei ao tema com outros olhos. Na verdade, não precisa ser assim. Ninguém precisa se sentir constrangido por não conhecer vinhos. Esse mito causado pelos Enochatos é que acaba criando essa barreira no sentido de que o vinho exige todo um rigor estético e que inspira esse desnecessário – mas, como se pode ver, verdadeiro – pavor.

Nada de Enofobia, meus caros. O Vinho é antes de tudo um prazer. O melhor vinho é aquele que se degusta junto a amigos.

Se o lado lúdico se perde, a própria cultura do vinho perde o sentido.



[1] http://www.dicio.com.br/enofobia/

[3] http://blog.tribunadonorte.com.br/vinodivinovino/medo-de-vinho-existe…-e-chama-se-enofobia/61061

Tags:,

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


8 × = sessenta quatro

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>