In Vino Veritas - sábado 06 junho 2015

Saúde V: O Vinho e a Saúde – parte I

Tenho publicado constantemente pesquisas que ligam o vinho à saúde, quase todas decorrentes de estudos efetuados no exterior. Pesquisando – como sempre – encontrei uma postagem de 2009 da União Brasileira de Uvicultura[1], com base em pesquisas médicas[2], apontando os benefícios do vinho tinto para a saúde.

Como são muitas as áreas a serem citadas, resolvi dividir a matéria dado o limite físico da coluna.

Trombose – um dos benefícios do vinho é sua ação anticoagulante ajudando muito a prevenir tromboses.

Úlcera – estudo americano sugere que consumo de vinho protege contra a úlcera não havendo contra indicação, apenas para casos de hepatite e cirrose.

Hipertensão – Estudo inédito feito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) com ratos hipertensos mostrou que aqueles que receberam um extrato de vinho (sem álcool e água) tiveram queda na pressão arterial de até 30%. experimento foi feito com um Cabernet Sauvignon

Mal de Alzheimer – Além de benéfico para doenças cardíacas, cânceres e úlceras, o vinho protege contra o Mal de Alzheimer. Segundo especialista, o consumo diário, moderado, da bebida reduz em 75% a chance de desenvolver a doença.

Problemas cardiovasculares – redução de até 50% (estudo do Hospital Corporativo de Epidemiologias da Dinamarca). Contribui na diminuição do mau colesterol e aumenta o colesterol saudável, torna o sangue mais fino, é anticoagulante e antioxidante. Aumenta a formação de óxido nítrico, importante para a dilatação dos vasos coronarianos.

Câncer – Pesquisas confirmam que o vinho reduz em 24% o risco de câncer.

Tumores Malignos – Beber vinho em doses moderadas continua sendo um bom remédio. Estudo publicado na edição atual do Journal of Thrombosis and Haemostasis mostra que, entre as pessoas que costumam ingerir álcool, aquelas que bebem exclusivamente vinho têm menos chances de desenvolver determinados problemas de saúde do que as que tomam cerveja ou uísque, por exemplo. Segundo os pesquisadores, a principal proteção da bebida seria no sistema cardíaco. Além disso, como alguns antioxidantes típicos das frutas também aparecem na bebida, tumores malignos também seriam menos freqüentes nos apreciadores da bebida à base de uva.

Gripes e resfriados – o vinho aumenta a imunidade contra gripes e resfriados.

Pedras nos rins – diminui a ocorrência de pedras nos rins.

Diabetes – auxilia a prevenir o diabetes.

Catarata – Um dos maiores problemas de pessoas com mais de 65 anos é a catarata. Pesquisas comprovam que a ingestão de vinho, diariamente, reduz em até 34% os riscos de adquirir a doença.

 

Coluna In Vino Veritas – Ed.68, out. 2014



[1] http://www.uvibra.com.br/vinhoesaude_23.htm

[2] Fontes: Dr. Roberto Moura / Dr. Protásio Lemos da Luz / Journal of Thrombosis and Haemostasis / Dr. Philip Norrie

Tags:, , , ,

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


+ cinco = 7

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>